Pular para o conteúdo principal

Manifesto Dos Defensores Da Leitura Do Litoral Sul Paulista



MANIFESTO DOS DEFENSORES DA LEITURA DO LITORAL SUL PAULISTA

 

I – Nós ouvimos as vozes dos primeiros Imigrantes, dos primórdios da colonização portuguesa no alto dos Engenhos de Açúcar do Novo Mundo;

II – Nós ouvimos as vozes das ruínas dos Engenhos de Açúcar, dos Índios e dos Negros escravizados;

III – Nós ouvimos as vozes dos nossos antepassados da Costa da Mata Atlântica, verdadeiros Guerreiros do sol e do mar;

IV – Nós ouvimos as vozes das Aldeias Indígenas e dos Parques Ecológicos, remanescentes do Efeito Estufa;

V – Nós ouvimos as vozes da Literatura Fantástica, ecoando sem fronteiras além do Oceano Atlântico;

VI – Somos os Defensores  da Literatura Fantástica e queremos continuar lendo Literatura Fantástica, porque o nosso ato de ler é plenamente capaz de abrir o Portal do País das Letras;

VII – Somos os Defensores da Leitura  e da Preservação Ambiental da Costa da Mata Atlântica, nossas mãos, nossas mentes e nossos corações estão prontos para escrever a nova história do Litoral Sul Paulista com menos violência e mais salas de leitura, menos diferenças e mais livrarias, menos armas e mais livros;

VIII – Somos os Jovens Defensores da Leitura do Século XXI, seguindo a trilha dos grandes ideais da Juventude, contribuindo com as nossas ações para o Desenvolvimento Sustentável do Litoral Sul Paulista;

IX – Somos os Jovens Defensores da Economia Criativa, da Inclusão e da Sustentabilidade, porque Sustentabilidade só existe, de fato,  quando TODOS FAZEM PARTE DA MESMA HISTÓRIA;

X – Somos os Jovens Defensores das Leituras Públicas nos Centros Culturais e nas Aldeias Indígenas, nas Escolas e nos Hospitais, nos Museus e nos Parques Ecológicos, nas Praias e nos Morros, nas Livrarias e nas Bibliotecas do Litoral Sul Paulista, do Brasil e do mundo.  

Santos, 23 de novembro de 2012.

I Encontro De Literatura Para A Juventude Do Litoral Sul Paulista

Semana Da Juventude De Santos 2012

Organização Neo Humanitarismo Universalista &  Livraria Porto Das Letras
 

 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cartas para Marie Curie: livro para ouvir...

Livro para ouvir
Selo ONHU Brazil
Em 2013, a Organização Neo Humanitarismo Universalista, ONH-U, está finalizando o projeto cultural sem fins lucrativos, Cartas para Marie Curie, Tributo ao 100º Aniversário do Prêmio Nobel em Química para Maria Sklodowska-Curie, celebrado em 2011 no Brasil e no exterior. O concurso cultural "Cartas para Marie Curie" promovido pela Organização Neo Humanitarismo Universalista, ONH-U, compartilhou o legado de Marie Curie entre a juventude do Brasil, visando  popularizar a contribuição da Mulher para a Ciência. A Organização Neo Humanitarismo Universalista, ONH-U, recebeu mais de duas mil cartas de todo o país, cartas inéditas, criativas  e solidárias,  com relatos dos estudantes do Brasil sobre suas vidas, sobre a vida e a obra de Marie Curie,  e de como a história de Marie Curie afetou suas vidas  na atualidade. A história de Marie Curie encantou a juventude  do Brasil de tal forma, que um grupo de jovens de São Paulo,  mobilizou o Núcleo de Juven…

Esferas Celestes: Nicolau Copérnico E A Astronomia Moderna

Estátua de Nicolau Copérnico na Polônia.
O Núcleo de Cinema Ambiental da Organização Neo Humanitarismo Universalista, ONH-U, celebradesde o início do ano de 2013, o Aniversário de 540 anos de Nascimento do Pai da Astronomia Moderna, Nicolau Copérnico, com sessões de cinema do filme documentário Esferas Celestes, produção brasileira de 2009, Ano Internacional da Astronomia, com direção de Ismael de Lima Jr. O filme é um tributo ao legadode Nicolau Copérnico para a humanidade; aborda de forma lúdica a história do astrônomo polonês, autor da obra “Sobre As Revoluções Das Esferas” (De Revolutionibus Orbium Coelestium). O filme Esferas Celestes foi exibido nas seguintes cidades: São Paulo (SP), Santos (SP), Campinas (SP), Rio de Janeiro (RJ), Curitiba (PR), Londrina(PR), Florianópolis (SC), Porto Alegre (RS), Belo Horizonte(MG); valorizando o cinema ambiental e a ecologia humana através de sessões de cinema voltadas para a popularização da Astronomia entre a juventude do Brasil.
O talentoso …

O Empoderamento Feminino E O Desenvolvimento Sustentável No Brasil

Cerimônia de entrega do Prêmio Sadako Sasaki 2016. Fotografia de Isabella Pawlak.
"O Prêmio Sadako Sasaki em prol da Igualdade de Gênero, almeja dar visibilidade às ações humanitárias realizadas pelas meninas e pelas mulheres no Brasil, promovendo a integração das culturas, oriental e ocidental, utilizando para tanto o humanismo e o pacifismo. 
A solidariedade internacional deverá ser incentivada nas crianças, ainda nos primeiros anos escolares. O futuro da humanidade está nas mãos das mulheres e das crianças do mundo, e educar para a paz não é uma tarefa apenas das escolas, mas de todos os seres humanos de boa vontade.
A maior justificativa  do Prêmio Sadako Sasaki em prol da Igualdade de Gênero, está no intuito de proporcionar o reconhecimento público em prol da defesa dos direitos humanos da população feminina, preservando ainda a memória mundial sobre o legado humanitário de Sadako Sasaki, mais de meio século depois que Sadako perdeu sua vida aos 12 anos de idade, devido à e…