Pular para o conteúdo principal

2017: Ano Internacional do Turismo Sustentável



Foz do Iguaçu, Brasil. Núcleo de Cinema Ambiental ONH-U.  

“Turismo Sustentável – Uma Ferramenta para o Desenvolvimento” é o tema eleito pela Organização Mundial do Turismo OMT para nortear as celebrações do Dia Mundial do Turismo, que desde 1980 se celebra a 27 de Setembro.




A Organização das Nações Unidas proclamou 2017 como o Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento em reconhecimento ao grande potencial da indústria do turismo, que responde por cerca de 10% da atividade econômica mundial. Em sua proclamação do Ano Internacional, a ONU declarou: “Promover mais entendimento entre os povos de todos os lugares, o que leva a uma maior conscientização sobre o rico patrimônio de várias civilizações e a uma melhor apreciação dos valores inerentes às diferentes culturas, contribuindo dessa forma para fortalecer a paz no mundo”.

O turismo pode contribuir significativamente para o desenvolvimento sustentável em todo o mundo, pois é impulsionado pelas forças da globalização que têm levado a um enorme aumento da circulação de bens e ideias, de pessoas e tendências culturais. Essa atividade pode ser canalizada de maneira a permitir que visitantes se divirtam e aprendam com a riqueza e a diversidade do patrimônio cultural, das expressões culturais e das práticas culturais imateriais. O turismo apoia as indústrias culturais locais e ao mesmo tempo, promove a cultura de paz entre os povos do mundo.  

 Atualmente, são mais de 1,2 bilhão de pessoas cruzando as fronteiras internacionais a cada ano, em busca de novos lugares, repletos de histórias ainda inéditas. O turismo também tem o potencial para contribuir, direta e indiretamente, com a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável. Os dados da Organização Mundial do Turismo das Nações Unidas, United Nations World Tourism Organization – UNWTO, demostram a importância do turismo como veículo para a criação de empregos, gerando receitas para as comunidades que recebem os turistas e representando cerca de 1 em 11 postos de trabalho em todo o mundo.

Taleb Rifai,  secretário-geral da OMT ressalta que o propósito da organização é fazer com que “a poderosa força global” que é o turismo contribua para fazer do mundo um local melhor e fazer avançar o desenvolvimento sustentável nos seus três pilares, o respeito pela natureza, o respeito pela cultura e o respeito pelos anfitriões.”




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cartas para Marie Curie: livro para ouvir...

Livro para ouvir
Selo ONHU Brazil
Em 2013, a Organização Neo Humanitarismo Universalista, ONH-U, está finalizando o projeto cultural sem fins lucrativos, Cartas para Marie Curie, Tributo ao 100º Aniversário do Prêmio Nobel em Química para Maria Sklodowska-Curie, celebrado em 2011 no Brasil e no exterior. O concurso cultural "Cartas para Marie Curie" promovido pela Organização Neo Humanitarismo Universalista, ONH-U, compartilhou o legado de Marie Curie entre a juventude do Brasil, visando  popularizar a contribuição da Mulher para a Ciência. A Organização Neo Humanitarismo Universalista, ONH-U, recebeu mais de duas mil cartas de todo o país, cartas inéditas, criativas  e solidárias,  com relatos dos estudantes do Brasil sobre suas vidas, sobre a vida e a obra de Marie Curie,  e de como a história de Marie Curie afetou suas vidas  na atualidade. A história de Marie Curie encantou a juventude  do Brasil de tal forma, que um grupo de jovens de São Paulo,  mobilizou o Núcleo de Juven…

Esferas Celestes: Nicolau Copérnico E A Astronomia Moderna

Estátua de Nicolau Copérnico na Polônia.
O Núcleo de Cinema Ambiental da Organização Neo Humanitarismo Universalista, ONH-U, celebradesde o início do ano de 2013, o Aniversário de 540 anos de Nascimento do Pai da Astronomia Moderna, Nicolau Copérnico, com sessões de cinema do filme documentário Esferas Celestes, produção brasileira de 2009, Ano Internacional da Astronomia, com direção de Ismael de Lima Jr. O filme é um tributo ao legadode Nicolau Copérnico para a humanidade; aborda de forma lúdica a história do astrônomo polonês, autor da obra “Sobre As Revoluções Das Esferas” (De Revolutionibus Orbium Coelestium). O filme Esferas Celestes foi exibido nas seguintes cidades: São Paulo (SP), Santos (SP), Campinas (SP), Rio de Janeiro (RJ), Curitiba (PR), Londrina(PR), Florianópolis (SC), Porto Alegre (RS), Belo Horizonte(MG); valorizando o cinema ambiental e a ecologia humana através de sessões de cinema voltadas para a popularização da Astronomia entre a juventude do Brasil.
O talentoso …

O Empoderamento Feminino E O Desenvolvimento Sustentável No Brasil

Cerimônia de entrega do Prêmio Sadako Sasaki 2016. Fotografia de Isabella Pawlak.
"O Prêmio Sadako Sasaki em prol da Igualdade de Gênero, almeja dar visibilidade às ações humanitárias realizadas pelas meninas e pelas mulheres no Brasil, promovendo a integração das culturas, oriental e ocidental, utilizando para tanto o humanismo e o pacifismo. 
A solidariedade internacional deverá ser incentivada nas crianças, ainda nos primeiros anos escolares. O futuro da humanidade está nas mãos das mulheres e das crianças do mundo, e educar para a paz não é uma tarefa apenas das escolas, mas de todos os seres humanos de boa vontade.
A maior justificativa  do Prêmio Sadako Sasaki em prol da Igualdade de Gênero, está no intuito de proporcionar o reconhecimento público em prol da defesa dos direitos humanos da população feminina, preservando ainda a memória mundial sobre o legado humanitário de Sadako Sasaki, mais de meio século depois que Sadako perdeu sua vida aos 12 anos de idade, devido à e…