Pular para o conteúdo principal

II Encontro de Literatura para a Juventude



8º FESTIVAL DE TEATRO DE ESTUDANTES DE SANTOS
PASCHOAL CARLOS MAGNO  –  MOSTRA PARALELA
II ENCONTRO DE LITERATURA PARA A JUVENTUDE

Tema: Inclusão & Tolerância

“Toda vida merece um livro.”
Mario Vargas Llosa

Uma iniciativa da Organização Neo Humanitarismo Universalista, ONH-U,  voltada para a difusão do livro, da leitura e da literatura entre a juventude do Brasil.

Objetivos:
Levar ao encontro da juventude a aptidão para a leitura, incentivando a leitura acessível;
Despertar na juventude o hábito da leitura, promovendo a leitura inclusiva.

                                                    Autora Homenageada: Helena Gomes


Helena Gomes, autora homenageada do II Encontro de Literatura para a Juventude de Santos.

Helena Gomes é jornalista, escritora e professora universitária. Ela nasceu em Santos (SP) e é autora de vários livros de literatura fantástica. Foi duas vezes finalista do prêmio Jabuti e teve obras que receberam o selo Altamente Recomendável da FNLIJ (Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil). A paixão por cinema, televisão e histórias em quadrinhos é fonte de inspiração para toda a sua obra.

Programação:
Dia 08/10 quarta-feira

09h - Exposição da Obra da Autora Homenageada: Helena Gomes
09h30  -  Origami do Amor “Outubro Rosa para Crianças e Jovens”
10h – Cerimônia em Homenagem à Escritora Helena Gomes
11h – Cerimônia de entrega do Prêmio Literário ACEESP para: E.E. Dr. Antônio Ablas Filho, de Santos; Colégio Portal Brasil, de Santos;   e Colégio Klaxon, de Guarulhos
Exposição da Coleção “Anuário do Futebol Paulista” da ACEESP

PRÊMIO LITERÁRIO ACEESP 2014 RESULTADO FINAL

GRANDES VENCEDORES

CATEGORIA POESIA

ENSINO MÉDIO

 1º lugar: Troféu para a Escola E.E. Dr. Antônio Ablas Filho, Santos, SP.
Bruna Azevedo Santos Nascimento (Medalha de Ouro);

2º lugar: Troféu para a Escola E.E. Dr. Antônio Ablas Filho, Santos, SP.
Beatriz Azevedo (Medalha de Prata)
Kaio Nunes dos Santos (Medalha de Prata)
Thainá Duarte (Medalha de Prata)

3º lugar: Troféu para a Escola E.E. Dr. Antônio Ablas Filho, Santos, SP
Franciele de J. Santos (Medalha de Bronze)
Tainá Lima Brandão (Medalha de Bronze)

ENSINO FUNDAMENTAL

1º lugar: Troféu para a o Colégio Portal Brasil, Santos, SP.
Eric Figueira Macieski (Medalha de Ouro)

2º lugar: Troféu para o Colégio Klaxon, Guarulhos, SP.
Gabriel Oliveira Barbosa (Medalha de Prata)
Larissa Mariel Vieira Rocha (Medalha de Prata)
Lucas Batista de Carvalho (Medalha de Prata)

3º lugar: Troféu para o Colégio Portal Brasil, Santos, SP.
Fabrício Areco Patrinhapi (Medalha de Bronze)
Matheus De Biace Torres (Medalha de Bronze)
Matheus Sette Villela (Medalha de Bronze)



CATEGORIA REDAÇÃO

ENSINO FUNDAMENTAL

1º lugar: Troféu para o Colégio Portal Brasil, Santos, SP.
Giovana Rodrigues Caldieri (Medalha de Ouro)

2º lugar: Troféu para o Colégio Portal Brasil, Santos, SP.
Julia Ferreira Vargas de Oliveira (Medalha de Prata)

3º lugar: Troféu para o Colégio Portal Brasil, Santos, SP.
Giovanna Vitória Souza dos Santos (Medalha de Bronze)

A categoria crônica não recebeu  inscrições. A categoria Poesia recebeu o maior número de inscrições, totalizando trezentas. O Prêmio Literário ACEESP levou para as Escolas o Anuário do Futebol Paulista e o legado humanitário da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014.
Presidente da Comissão Julgadora: Luiz Ademar Campos
Presidente da Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo
Membros da Comissão Julgadora
Ana Marina Maioli
Ayr Quaglio
Erick Castelhero
Jam Pawlak
Coordenação Geral do Prêmio Literário ACEESP:
Ana Marina Maioli & Jam Pawlak



Dia 09/10 quinta-feira
09h - Exposição da Obra da Autora Homenageada Helena Gomes
09h30  – Acessibilidade e Leitura Inclusiva – Mediadores de Leitura
10h – Nas Ondas da Leitura: “Inclusão & Tolerância em Debate” 

11h – Lançamento do Manifesto dos Defensores da Leitura “Inclusão & Tolerância”


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cartas para Marie Curie: livro para ouvir...

Livro para ouvir
Selo ONHU Brazil
Em 2013, a Organização Neo Humanitarismo Universalista, ONH-U, está finalizando o projeto cultural sem fins lucrativos, Cartas para Marie Curie, Tributo ao 100º Aniversário do Prêmio Nobel em Química para Maria Sklodowska-Curie, celebrado em 2011 no Brasil e no exterior. O concurso cultural "Cartas para Marie Curie" promovido pela Organização Neo Humanitarismo Universalista, ONH-U, compartilhou o legado de Marie Curie entre a juventude do Brasil, visando  popularizar a contribuição da Mulher para a Ciência. A Organização Neo Humanitarismo Universalista, ONH-U, recebeu mais de duas mil cartas de todo o país, cartas inéditas, criativas  e solidárias,  com relatos dos estudantes do Brasil sobre suas vidas, sobre a vida e a obra de Marie Curie,  e de como a história de Marie Curie afetou suas vidas  na atualidade. A história de Marie Curie encantou a juventude  do Brasil de tal forma, que um grupo de jovens de São Paulo,  mobilizou o Núcleo de Juven…

Esferas Celestes: Nicolau Copérnico E A Astronomia Moderna

Estátua de Nicolau Copérnico na Polônia.
O Núcleo de Cinema Ambiental da Organização Neo Humanitarismo Universalista, ONH-U, celebradesde o início do ano de 2013, o Aniversário de 540 anos de Nascimento do Pai da Astronomia Moderna, Nicolau Copérnico, com sessões de cinema do filme documentário Esferas Celestes, produção brasileira de 2009, Ano Internacional da Astronomia, com direção de Ismael de Lima Jr. O filme é um tributo ao legadode Nicolau Copérnico para a humanidade; aborda de forma lúdica a história do astrônomo polonês, autor da obra “Sobre As Revoluções Das Esferas” (De Revolutionibus Orbium Coelestium). O filme Esferas Celestes foi exibido nas seguintes cidades: São Paulo (SP), Santos (SP), Campinas (SP), Rio de Janeiro (RJ), Curitiba (PR), Londrina(PR), Florianópolis (SC), Porto Alegre (RS), Belo Horizonte(MG); valorizando o cinema ambiental e a ecologia humana através de sessões de cinema voltadas para a popularização da Astronomia entre a juventude do Brasil.
O talentoso …

Inspiração para o voluntariado das Meninas e das Mulheres no Brasil

"Nós sonhamos com o dia em que vamos abrir os olhos e perceber que a igualdade de gênero estará presente em nossos dias, de que a hipocrisia humana vai acabar de uma vez por todas.
Nós mulheres estamos aqui para relembrar que somos importantes e que merecemos o devido valor não apenas hoje mas todos os dias.
Temos o direito de ser tratadas com dignidade, com respeito, educação e amor. Ser mulher sempre foi uma missão muito difícil, mas não podemos continuar aceitando a submissão como se fosse normal.
Quantas meninas e mulheres almejam por um mundo mais justo para todas e ainda passam em pleno século XXI pela desigualdade entre diversos abusos. É triste ouvir a frase : “não posso realizar meu sonho porque sou menina e não terei nenhuma chance”. Infelizmente essa é uma realidade próxima que precisa ser alterada e juntas podemos fazer a diferença e transformar a nossa sociedade em uma sociedade mais justa para as meninas e as mulheres.
Não queremos nos sentir inferiores com palavras d…